Gestão

Como o Benchmarking pode melhorar seu negócio

Benchmarking
37views

Provavelmente existem tarefas que você desempenha de forma magnífica e outras que nem tanto.  O Benchmarking importa este princípio para o ambiente empresarial. Trata-se de uma ferramenta de gestão por qual uma empresa resolve seus problemas aprendendo novas soluções com as melhores organizações do mercado. Neste artigo, você vai descobrir como o Benchmarking pode melhorar seu negócio e como implementá-lo da forma correta.

Como funciona?

  • Primeiro,  a empresa identifica produtos,  serviços e processos que precisam ser melhorados;
  • segundo, procura outras empresas conceituadas na área
  • terceiro, através de um modelo de parceria, trabalham a fim de compartilhar suas melhores práticas em busca de um desempenho excelente.
 Em resumo, consiste em melhorar seus serviços e produtos aprendendo com as melhores empresas do mercado.

A Motorola por exemplo,  possuía um sistema financeiro confuso e burocrático.  Depois de diversas tentativas frustradas para melhorar o setor,  os executivos da companhia decidiram realizar o Benchmarking com o Banco nacional de Chicago,  o melhor da área.  Depois de alguns meses de intensiva coleta de dados,  a empresa conseguiu implantar um novo sistema dinâmico e moderno melhorando diversos aspectos da companhia como atendimento aos clientes e produção.

Benchmarking não é copiar

Algumas pessoas possuem uma visão distorcida do que seja o processo de Benchmarking. Não é copiar,  mas sim aprender e inovar.

Uma vez que se aprende novas técnicas e procedimentos, você precisa adapta-las aos seus problemas e a sua empresa.

Caso contrário,  tudo terá sido um enorme desperdício de tempo e dinheiro pois cada organização é única. Sempre haverá ajustes, adaptação e aprimoramentos, isto garante uma constante inovação das idéias originais.

Reconheça que você não é o melhor

Benchmarking é uma conexão constante, um fluxo constante de dar e receber, de pedir e oferecer ajuda. Este é o requisito básico para qualquer um que quer iniciar um processo de Benchmarking. Existem áreas que você não e capaz de providenciar resultados excelentes e por isso precisa da ajuda de outras pessoas.

A Xerox,  líder global do mercado de copiadoras, reconheceu que não era capaz de produzir determinadas peças com preços reduzidos.  A solução foi realizar um Benchmarking com empresas japonesas que dominavam esta técnica.

Esteja pronto para retribuir

As empresas que aceitam participar de um processo de Benchmarking querem algo em troca. Por vezes, exigem conhecimentos sobre áreas que você se destaca; em outros casos exigem recursos chave como softwares e relatórios. Esteja pronto para retribuir e analise se a contraprestação realmente vale a pena.

Se o seu problema for relevante,  você têm boas chances de ter seu pedido de Benchmarking acatado,  uma vez que esta é uma boa oportunidade para as empresas melhorarem ainda mais os seus procedimentos e serviços.

Benchmarking

Benchmarking não é um livro de receitas

Um dos mitos que circundam esta ferramenta de gestão,  é o fato dela ser capaz de resolver todos os problemas da empresa. Isto não é verdade.

  • Seus funcionários podem não estar preparados para as novas técnicas.  Considere investir em treinamentos e capacitação profissional.
  • Nem todo conhecimento é de aplicação universal.  Soluções que funcionam em determinada empresa podem não ser aplicáveis na sua.
  • Seus clientes podem mostrar resistência a mudanças.

Como realizar o Benchmarking

 1) Identificação dos problemas

  • Quais as áreas que sua empresa precisa melhorar?
  • Que aspectos do seu produto podem ser aperfeiçoados?
  • Que procedimentos não estão funcionando como deveriam?

2) Encontrando empresas que podem solucionar seus problemas

  • Pergunte aos seus clientes,  fornecedores, parceiros e concorrentes.
  • Estas empresas não precisam ser suas concorrentes, basta que tenham um desempenho excelente na área que você pretende melhorar.

3) Estabelecendo contato

  • Escreva ou ligue para a empresa selecionada no tópico anterior.
  • Entre em contato diretamente com o departamento que lida com o problema que você pretende resolver.

4) Desenvolva um plano de coleta de informações

  • Divida seu problema em tópicos claros.  Por exemplo,  se você quer melhorar a qualidade do seu produto,  escreva em um papel todos os fatores que contribuem para a existência do seu problema.

5) Realize um pré-Benchmarking

  • Antes de realizar o Benchmarking efetivo,  reúna sua equipe e faça uma visita à empresa parceira.  Aproveite para revisar seu plano de coleta de informações.
  • Opte por uma equipe composta por pessoas que lidam com o problema diariamente.

6) Realize um Brainstorm 

  • Após revisar os tópicos do seu problema,  faça uma reunião com sua equipe afim de discutir os resultados da visita. Discuta quais tópicos podem ser incluídos e quais não são significativos.

7) Aplique o que você aprendeu

  • Estabeleça metas e padrões baseados nos conhecimentos que você adquiriu. Se por exemplo,  seu parceiro realiza determinado serviço por R$1000,00 ,  mas sua empresa o faz por R$2000,00 , crie metas para reduzir seu preço a R$1500,00 .

8) Implemente o aprendizado na cultura da empresa

  • Faça vídeos,  manuais,  cartilhas,  palestras,  seminários,  etc.  Deixe claro tudo aquilo que aprendeu e mostre para sua organização o quanto aquele conhecimento é útil .
 Concluindo…

Neste artigo você aprendeu:

  • Benchmarking é uma técnica de gestão que consiste em aprender com as melhores empresas.
  • Que Benchmarking não é copiar, e sim inovar melhorando idéias originais.
  • Que o Benchmarking exige humildade e reconhecimento de que não bons em tudo.
  • Que é preciso ter algo a oferecer em troca, seja um conhecimento em determinada área ou que no mínimo tenhamos um problema relevante.
  • Que o Benchmarking não é a solução para todos os problemas de sua empresa e não se aplica em quaisquer  casos.
  • Que o processo de Benchmarking consiste basicamente em:  identificar produtos,  serviços e processos que precisam ser melhorados;   procurar outras empresas conceituadas na área e através de um modelo de parceria trabalhar a fim de compartilhar suas melhores práticas em busca de um desempenho excelente.

Leave a Response