Educação Financeira

Saiba como economizar e guardar dinheiro – Organize sua vida financeira

como economizar
"São várias as formas de guardar dinheiro. O primeiro passo é saber controlar-se! "
106views

Não está nada fácil fazer o salário durar até o fim do mês? E com a crise a situação ficou pior ainda? Calma! Ainda tem formas de conseguir reverter o problema!
Sei o quanto é difícil conseguir pagar todas as contas e ainda ter um dinheirinho para emergências ao final do mês, ainda mais em períodos onde tudo aumenta menos o salário. Porém, com algumas dicas é possível sim, conseguir organizar a sua vida financeira e ainda economizar. Quer ver só?

Sabemos que as dívidas no Brasil fazem uma parcela muito grande da população perder o sono, um estudo feito a um tempo atrás apontou que de 10 famílias 6 estão com algum tipo de dívida, a mais comum é a divida de cartão de crédito. Neste artigo você encontrará dicas para sair das dívidas e conseguir respirar com mais facilidade.

guardar dinheiro

Tenha Objetivos e Prioridades Definidas – Coloque um prazo para você pagar tudo o que deve e começar a guardar dinheiro de verdade!

Coloque um prazo para você pagar tudo o que deve e começar a guardar dinheiro de verdade!

Se você se encontra nessa situação apontada pelos índices, o primeiro passo para mudar sua vida financeira é formular metas, objetivos a serem realizados a curto, médio e longo prazo. Assim quando for necessário abrir mão de algumas regalias você deverá se lembrar das metas para se confortar, desse modo você pode minimizar as dores de poupar.

Procure colocar como metas de curto prazo se livrar das dívidas com maiores taxas de juros, principalmente cartões de créditos e cheque especial, pois os juros comprometem muito o orçamento pessoal ou familiar.

Para as metas de médio prazo, tente alocar as dívidas maiores, dívidas de aspectos não bancário, pois essas contam com taxas de juros pré-estabelecidas com um teto máximo de 12% ao ano.

E para as metas de longo prazo, procure poupar dinheiro para investir em um imóvel, talvez adquirir ou trocar de carro, pois com dinheiro em mãos é mais fácil barganhar por alguns descontos e opcionais.

Tenha objetivos e prioridades definidos

controlar o orçamento
“Tenha controle do quanto você ganha e do quanto pode gastar.”

Objetivos e prioridades! Essa ação será seu segredo. É o pulo do gato para o controle financeiro. Com ele você vai saber o quanto poupar, durante quanto tempo e porque poupar.

Pode ser uma meta a longo ou a curto prazo, mas tem que ter uma meta. Algumas pessoas juntam dinheiro por dois ou três anos para trocar de carro, casar ou dar entrada na casa própria. Outras juntam dinheiro por muitos anos para realizar o sonho de viajar o mundo. Cada um tem seu sonho, mas o segredo para alcançá-lo é um só!

Faça um orçamento pessoal – “Manter suas finanças em ordem é muito mais fácil do que você imagina”

orçamento pessoal
“O princípio do seu orçamento é: nada de gastar mais do que ganha!”

Para alcançar estabilidade financeira é necessário além de ter objetivos, se organizar e fazer um orçamento pessoal. Com a tecnologia a tarefa antes árdua de fazer um orçamento pessoal e manter ficou um tanto mais fácil, hoje em dia você pode ter grandes facilidades para o orçamento utilizando planilhas eletrônicas, até mesmo online, nelas você anota suas despesas e valores, sendo fácil de organizar e apagar os dados caso seja necessário.

É possível obter em alguns websites modelos de planilhas eletrônicas prontos, como formulas pré-gravadas que calculam o valor total, comparam com o anterior e outras infinidades de funções.

Outra saída para fazer um bom orçamento pessoal é utilizar de ferramenta mobiles, ou seja, instalar algum aplicativo de orçamento pessoal, que é facilmente encontrado nas lojas das plataformas disponíveis, como Google Play, Apple Store e outros.

Dicas para fazer um orçamento pessoal – “Anote sempre o valor que você ganha e tudo o que precisa ser pago.”

como fazer um orçamento pessoal
“Anote sempre o valor que você ganha e tudo o que precisa ser pago.”

Para fazer um orçamento pessoal é simples. Crie uma planilha no Excel ou faça em uma agenda impressa mesmo. Anote todos os seus gastos, desde o aluguel até o chiclete que comprou com o troco do almoço.

Caderninho, planilha no Excel, agenda,  qualquer coisa que possa ser feita um registro para o controle de seus gastos fixos e como você se organizar para ter sucesso.

Faça isso durante um mês inteiro, e no final do mês você descobrirá onde está gastando e quanto está gastando, e só assim poderá planejar cortes de gasto.

Sabendo onde você gasta mais dinheiro, assim você deverá cortar os gastos fúteis, como jantares excessivos fora de casa. Faça um orçamento mantendo apenas as coisas necessárias.

E quem sabe planejar um sonho de consumo que há tempos está nos planos: Uma viagem internacional, trocar de carro, reformar a casa, ou até mesmo sair do aluguel.

orçamento pessoal – “Priorizar é a palavra chave para ter um orçamento pessoal produtivo”

Falta salário para terminar o mês? Organize sua vida financeira!

A parte mais complicada é definir quanto de sua renda deverá ser destinado para cada item. Como você já fez a sua lista de prioridades, já sabe mais ou menos quanto precisa guardar para cada coisa.
Outra coisa muito importante: nunca gaste mais do que você ganha! Na hora de dividir a sua renda, tenha em mente esse limite e evite ao máximo ultrapassa-lo. Do contrário, dificilmente sobrará algum dinheiro no final do mês.
Resumindo toda essa história: tenha em mãos todas as despesas (use um caderninho, planilhas ou até aplicativos) anotadas. Confira se não esqueceu nada! Anote também o valor total da sua renda mensal. A partir desse ponto, vá distribuindo todas os seus custos, priorizando o que tem mais importância.
Separe inclusive itens como “restaurantes”, “vestuário”, “livros” e “diversão”. Assim você tem um valor específico mensal para gastar com o que você gosta.

 

Como guardar dinheiro

E para finalizar, é necessário saber poupar! Guardar dinheiro é o último passo para estabilizar a vida financeira e não menos importante do que os primeiros. O Ideal é que comece, parece uma dica boba, mas o mais difícil é adquirir o hábito de poupar, então comece depositando qualquer quantia na poupança ou até no porquinho, de forma que dentro do prazo previsto você consiga cumprir suas metas.

Com o tempo aprenda a usar o dinheiro da poupança como investimentos, existem algumas opções mais rentáveis, informe-se no seu banco e escolha a que melhor se encaixar no seu orçamento.
Nada pior do que uma vida financeira desorganizada. Não saber o quanto vai ganhar, o quanto vai gastar e o quanto vai sobrar no final do mês é um medo que assombra muitas pessoas. Seja uma única pessoa, um casal ou uma família, a instabilidade financeira aterroriza a todos.

Mas organizar a vida financeira não é um bicho de sete cabeças. É difícil, mas com um pouco de dedicação e autocontrole é totalmente possível.

Já temos alguns artigos nesse blog a respeito de como guardar dinheiro sem se sacrificar, seja a curto ou a longo prazo. Mas agora nosso foco é outro!

Daremos algumas dicas que, se seguidas rigorosamente, em poucas semanas ou meses você terá sua vida financeira organizada e na palma de suas mãos.

Como guardar dinheiro – Ter um pezinho de meia nem é tão complicado assim! Basta ter disciplina!

Nesse blog temos um artigo específico sobre como guardar dinheiro, com planejamento a curto e a longo prazo. Mas, apenas para esclarecimento, vamos fazer um breve resumo de como guardar dinheiro.

Primeiro, você precisará fazer um planejamento orçamentário pessoal, como relatado acima. Corte todos os gastos desnecessários e, esse dinheiro que cortou de seu orçamento, use para poupar. Deposite em uma conta poupança ou, para os mais controlados, guarde em casa.

Mas crie uma obrigação de depositar esse valor todo mês, pois se não for assim certamente não guardará.

Organização financeira é algo que se faz imprescindível em tempos de economia, não só por isso, para alcançar grandes objetivos é preciso além de defini-los, estudar meios para que isso se torne possível.

Vamos deixar claro que são objetivos possíveis com um tempo de planejamento e entendimento financeiro. Algumas ou muitas renuncias são necessárias para que este objetivo seja finalmente alcançado.

Sonhos de carros importados, casas de luxo é melhor deixar para quando se ganhar na loteria. Afinal, conquista-los não é difícil, mantê-los com o tempo que se torna inviável ou até mesmo ilusório, pense em suas condições financeiras REAIS, antes de entrar em qualquer financiamento fácil ou com um grande lucro envolvido.

Como guardar dinheiro

“Anotar suas finanças ajuda a controlar os gastos”

O mais engraçado é que gastamos sem perceber, e não é por maldade.

Escrever essa quantia é para o aluguel, ou para compras para o mercado,  passeios e saídas tem que ser controlados, um pouquinho aqui, outro pouquinho acolá , quando totalizado no final do mês, faz uma enorme diferença.

A famosa poupança, é uma grande dica, ter uma conta corrente só para este fim, ou até mesmo um porquinho para guardar moedas, é super válido.

Mas a melhor dica, seria o planejamento mensal, em gastos extras.

Um exemplo: Ao finalizar suas contas, você tem uma folga de quatrocentos reais, o que fazer para isso render, se você quiser comprar algo novo a cada semana, que não ultrapasse cem reais, quer algo que custe mais que essa quantia, poupe de uma semana pra outra para conseguir seu objetivo.

Com essas pequenas estratégias, fica mais fácil e menos penoso viver com o seu salário.

Reclamar que ele não dá para nada, não irá fazer ele esticar como se fosse mágica.  Outro grande truque, é saber utilizar o cartão de crédito, grande vilão de muitos, tendo o exato controle do que se gastou e planejar o seu limite além de evitar sustos ao chegar a fatura, algumas bandeiras oferecem vantagens e até prêmios.

Tenha Objetivos e Prioridades Definidas – Tenha sempre em mente um objetivo para guardar dinheiro, como uma casa ou um carro

Tenha em mente o que você precisa fazer com o seu dinheiro. Quais suas prioridades?

A primeira coisa que você precisa ter em mente, é quais são suas prioridades e seus objetivos. Ou seja, liste tudo aquilo que você precisa pagar esse mês, de preferência liste por ordem de vencimento.
Não se esqueça de colocar na lista os valores aproximados que você costuma gastar com mercado e combustível! Além é claro, outros gastos que você possa ter. Assim que receber o seu salário, pague tudo o que puder, mesmo as contas que ainda irão vencer no meio ou final do mês.
As demais despesas, como combustível, por exemplo, separe o valor que você costuma gastar. Além disso, você precisa aprender a como organizar o seu orçamento pessoal e claro, como administrar o seu dinheiro!

Para organizar a sua vida financeira, você precisa saber fazer um orçamento pessoal. E a primeira dica é: nunca, em hipótese alguma, gaste mais do que você ganha. Os cartões de créditos devem ser riscados de sua lista, deixe-os apenas para emergências, e não para compras simples, como o mercado. Para isso, deixe o dinheiro separado.
Já disse que você precisa fazer uma lista das coisas que precisa pagar. Mas é interessante você também listar outras coisas que você possa a vir gastar, como por exemplo, se for a uma festa, anote quando gastou ou quanto pretende gastar.
Com tudo anotado, fica muito mais fácil conseguir calcular quanto dinheiro você tem disponível e quanto já gastou. Lembre-se: nunca gaste um centavo a mais do que de fato ganha!
Outra dica importante que não deve ser esquecida: anote sempre as contas parceladas, mesmo as que firam divididas no cartão. Marque o valor, vencimento e quantas parcelas ainda faltam. Assim você consegue se planejar para compras futuras.

Separamos alguns artigos que podem ser interessantes para você:

Como guardar dinheiro – Organizar a vida financeira exige disciplina

Esse é um desafio para muita gente! Afinal, você deve estar pensando: “como guardar dinheiro se tem contas para pagar?”.
Antes de qualquer coisa, liste também as contas em atraso ou tudo o que você precisa pagar. A partir disso, você consegue visualizar quanto da sua renda será dedicada a pagar contas – em dia ou em atraso.
Dessa forma você irá definir um valor para pagar as contas em atraso e ter uma data final para conseguir pagá-las – finalmente!
Com as contas pagas em dia, você pode deixar esse mesmo valor (ou outro) para uma pequena poupança. Mas é muito importante que você tenha a disciplina de listar esse valor, seja para pagar contas em atraso ou guardar, e de fato separá-lo. Faça isso assim que receber o salário, pague todas as contas e guarde uma parte. Dessa forma você vai poupando e evite de usá-lo para outras coisas.

Quem nunca passou por um perrengue no fim do mês, deixou de pagar a conta de luz, de internet ou até a fatura do cartão?
Pois saiba que isso é possível evitar – mesmo ganhando pouco! Um bom planejamento financeiro pode ajudar a resolver os problemas do seu orçamento pessoal. O primeiro passo é saber onde está errado, e depois começar a se organizar!

Como guardar dinheiro – Não gaste mais do que você ganha

O primeiro passo para guardar o seu dinheiro é saber que nunca deve se gastar mais do que ganha. O segundo passo é: especificar quanto irá guardar por mês e guardar esse dinheiro de fato. Alguns especialistas indicam 10% de sua renda total, mas se você ainda está apertado com gastos passados, pode estipular outro valor que fique interessante para você.
São duas maneiras de usar esse dinheiro guardado: abrindo uma poupança ou aplicando em ações. Escolha a opção que mais irá trazer benefícios para você.
Saiba também que os cartões de crédito são grandes inimigos para quem procura economizar. Evite ao máximo fazer compras parceladas, pois isso compromete boa parte do seu orçamento e você ainda paga juros. Use o seu cartão de crédito apenas para emergências e dê preferências para compras a vista ou em poucas vezes.
Outra tática antiga para guardar dinheiro – e não é esconder embaixo do colchão – é o famoso cofrinho. Sabe as moedinhas que sobram da padaria? Sim, vão direto para o cofrinho! Mas não o abra por qualquer coisa, mas se no fim do mês o gás acabar e você estiver zerado, sabe onde deve correr!

 

Tenha objetivos e prioridades definidos

“Anotar suas finanças ajuda a controlar os gastos”

Definir suas prioridades é de extrema importância para te ajudar a economizar e sair do aperto no fim do mês. Faça uma lista com tudo o que você precisa pagar em ordem de importância, por exemplo:

  • Aluguel
  • Água
  • Luz
  • Internet
  • Mercado

Essa lista pode variar de acordo com a seu custo de vida, acrescentando faculdade, carro, combustível, saúde ou até retirando algum item como o aluguel, no caso de casa própria. O importante é você fazer a sua lista de prioridades! Lembre-se de acrescentar o valor destinado para cada item.
Ter objetivos também é essencial e não apenas em sua parte financeira, mas também em sua vida. Se você deseja fazer uma viagem no final no ano, acrescente em sua lista esse item e o valor que pretende guardar para isso.

Todos temos sonhos e economizar é um grande passo para realiza-lo. Saiba que o dinheiro que deve ser economizado, não é aquele que sobra, mas sim uma parte de sua renda que deve ser destinada apenas para isso. Nunca se esqueça de que imprevistos ou grandes oportunidades podem acontecer.

2 Comments

Leave a Response