Carreira

Saiba reconhecer a hora de pedir demissão

pedir demissão
132views

Começo de um novo ano pode incentivar mudança na carreira se for o momento de pedir demissão.

A hora de pedir demissão está, com certeza, na lista dos momentos mais críticos e cheios de dúvidas da vida profissional de alguém. Saber identificar que chegou a vez de mudar de ares, de carreira ou mesmo partir para algo completamente fora do esperado depende de maturidade.

Para tanto, existem alguns sinais que podem indicar que chegou o momento de pedir demissão, de acordo com os fatores que contribuem para a decisão. Saiba reconhecer os indícios para tomar a decisão mais acertada.

O que sinaliza a hora de pedir demissão

No dia a dia, as situações de insatisfação no ambiente profissional podem se manifestar de diversas maneiras. Elas influenciam no desânimo do profissional e acabam afetando a qualidade do trabalho realizado, além de contribuir para uma relação ruim com a chefia ou com os colegas.

Isso porque, salvo em raros casos, o trabalho é feito em equipe, situação na qual a motivação de um gera efeitos no humor de todos. Além disso, atividades repetitivas e a ausência de evolução na função também colaboram para a sensação de estagnação que leva o profissional a pedir demissão.

Saber a hora certa de pedir demissão passa também pela capacidade de observar o próprio trabalho. Se comete erros com frequência, ou tem muitos atrasos provocados por preguiça de ir para o local de trabalho, é preciso reconhecer se os motivos são fortes o suficiente para o desligamento do cargo.

Separamos um artigo que será interessante para você: Traçar metas e objetivos para o sucesso – Descobrindo os seus pontos fortes

Desligamento do emprego é momento que exige muita maturidade do profissional. Foto: Shutterstock

Saiba reconhecer os indícios para tomar a decisão mais acertada. E nunca tome esse tipo de decisão por impulso, isso pode prejudicar muito a sua carreira profissional.

Qual a maneira correta de pedir demissão

Essa decisão, como todas aquelas que envolvem o rumo da vida profissional, não pode ser tomada por impulso, em situações isoladas de muito estresse. nem baseada em acontecimentos pontuais da vida pessoal.

Uma vez tomada a decisão, procure uma reunião com o seu superior e exponha de forma clara e honesta os motivos que o levaram a pedir demissão. Seja racional e liste de forma prática todas as suas razões para o desligamento.

Deixar que os boatos cheguem por terceiros à chefia pode atrapalhar inclusive oportunidades futuras em outras empresas, manchando sua reputação profissional.

Nesse momento, é importante também que você esteja aberto a uma eventual contraproposta. Talvez a atual empresa tenha planos mais interessantes para você. Se for o caso, é importante ao menos ouvi-los.

Caso isso ocorra, peça um tempo para analisar a proposta e não responda de imediato. Avalie, pense nos contrapontos e, se possível, compare com as oportunidades que recebeu fora dali.

Veja também: Conheça 6 bons livros para seu crescimento pessoal e profissional

Não desista da sua carreira

O importante, tanto para pedir definitivamente a demissão quanto para aceitar a contraproposta da empresa atual, é não entrar no ciclo vicioso da desmotivação profissional. O sentimento muitas vezes atrapalha tanto a visão do trabalhador que, quando ele se dá conta, já passou a acreditar que não há como recuperar a própria carreira.

No entanto, uma boa autoavaliação pode evitar situações extremas e dúvidas freqüentes na carreira. Para isso, esteja aberto a feedbacks de seus empregadores, colegas e clientes. A boa comunicação entre todos e a consciência do momento de carreira em que se encontra são ótimos aliados para manter uma trajetória profissional produtiva e motivadora.

Preparado para cuidar melhor da sua carreira? Então deixe um comentário!

1 Comment

Leave a Response