Marketing

Marketing de Guerrilha: Uma Tática Para Todos!

Marketing de Guerrilha
323views

Marketing de Guerrilha: Uma Tática Para Todos!

A nossa ilustríssima internet possibilitou um certo equilíbrio entre os três tipos de empresas: pequeno, médio e grande porte. Hoje temos uma infinidade de ferramentas gratuitas e perfeitas para levar o seu negócio a um nível mais elevado. 

Uma Forma de Sobreviver

Sem enrolações e dados históricos irrelevantes já vou direto ao ponto; o Marketing de Guerrilha veio com intuito de ajudar a sua empresa a desenvolver pequenas táticas que a façam tornar-se tão grande quanto os seus concorrentes.

Talvez Jay Conrad Levinson tenha sentido o peso de em plena década de 70, não poder competir de maneira igualitária perante os seus rivais e assim criou esta ferramenta que através de ações simples mas inovadoras, possibilita o desenvolvimento das pequenas empresas como pode ser o caso da sua.

Você Já Conhece o Marketing de Guerrilha

Eu duvido que não tenha visto pelo menos um destes exemplos que vou lhe mostrar agora:

Flashmob:

Já viu aquelas propagandas publicitárias em que um grupo de pessoas entram no shopping e começam a cantar ou dançar? Então, isso é uma estratégia Flashmob!

Marketing Invisível:

é o famoso “sem querer querendo”! Sabe quando você está assistindo uma novela ou filme e vê marcas famosas aparecendo no cenário? É isso!

Então o Marketing invisível é um tipo de ação de guerrilha requer que o público-alvo não perceba que é uma ação de marketing, caso contrário, pode gerar resultados negativos. A empresa promove sua marca, produto ou serviço através de pessoas contratadas que fazem a divulgação sem revelar que estão sendo pagas para isso

Marketing Viral:

Como o próprio nome sugere, tem o objetivo de explorar uma determinada marca de maneira a fazer com que ela seja propagada por todos os meios possíveis e consequentemente aumentar o seu conhecimento perante os consumidores.

Vídeos e imagens engraçadas que motivam as pessoas a compartilharem o conteúdo naturalmente sem perceber que estão ajudando em uma campanha publicitária

Marketing de Intervenção Urbana:

Quando você presenciar a exposição de marcas de maneira extravagante, não se assuste, É apenas uma estratégia apelativa! Trata-se de interações da marca com o ambiente da cidade, por exemplo: desenhos colados em pontos importantes, pinturas e etc.

É um dos recursos mais utilizados pelo marketing de guerrilha com o uso de imagens e outros recursos, geralmente visuais, que ajudam a compor a paisagem. Podem ser aplicados em postes, calçadas, pontos de ônibus, faixas, etc. 

Free mídia:

É quando uma ação é divulgada em meios de comunicação tradicionais, ou não, sem que haja o pagamento pelo espaço. A ação repercute ao ponto de virar notícia em jornais, telejornais, portais de notícias, blogs, revistas, rádio, etc.

Marketing de emboscada:

Este tipo de ação leva o público a crer que a empresa é patrocinadora de determinado evento, pode ser esportivo, cultural, social, musical, entre outros, sem efetivamente ter gastos oficiais. 

Corpo a corpo:

Quando pessoas, preferencialmente caracterizadas de acordo com a marca, atuam para promover a interação do público-alvo com a marca, pode ser através da distribuição de cupons desconto, brincadeiras, etc. Para isso, devem ser estrategicamente posicionadas

Marketing de Guerrilha

3 estratégias óbvias e que são usadas incorretamente!

Rede sociais:

não é novidade que hoje temos uma infinidade de canais os quais podemos propagar a nossa marca de maneira eficaz, mas como você tem feito isso? Criando aquele perfil pobrezinho no face, com imagens embaçadas e totalmente insignificantes sobre seus produtos e serviços? Acho que está na hora de repensar suas estratégias! 

Que tal fotografar suas mercadorias de maneira mais profissional ou então fazer vídeos demonstrativos?

Materiais ricos:

Crie livros virtuais, os conhecidos Ebooks vão dar a você uma identidade única e uma ideia de que a sua empresa disponibiliza um conteúdo só dela. 

Dê aquela repaginada nos seus cartões de visita saindo do comum de simplesmente colocar o seu nome empresarial e o telefone.

Conteúdos Gratuitos:

Faça da sua empresa uma autoridade no seu nicho de mercado! Disponibilize gratuitamente materiais super interessantes com o objetivo de fazer com que seus possíveis consumidores resolvam problemas com a sua ajuda e assim tenham você como ponto de referência antes de tomarem uma decisão.

Espero que depois deste conteúdo quentíssimo você já esteja pronto para assumir uma postura mais ativa diante do mercado de consumo agora que já sabe que pode entrar nesta batalha de cabeça erguida. 

Saiba qual o objetivo do marketing de guerrilha e alcance as metas da sua empresa

Com criatividade e planejamento é possível se comunicar com o mercado de forma eficaz sem extrapolar o orçamento de marketing de uma organização. Considerada uma das ferramentas mais poderosas no quesito comunicação, o marketing de guerrilha se baseia principalmente em ações simples com o objetivo de causar um impacto duradouro no público-alvo de uma determinada marca, produto ou serviço. 

O termo foi criado pelo publicitário estadunidense Jay Conrad Levinson há mais de 30 anos, que viu semelhanças entre as táticas aplicadas pelas guerrilhas, especialmente durante a Guerra do Vietnã, e as ações empresariais. Levinson percebeu que mesmo com menos recursos e muita criatividade na forma de atacar o inimigo, os vietnamitas conseguiam superar o exército organizado e com mais recursos dos Estados Unidos. 

No decorrer das últimas décadas, o termo e as ações de guerrilha voltadas para a promoção de marcas, produtos, serviços e até de ideias, foram sofrendo alterações importantes relacionadas à inovação e as novas tendências e atualmente integra a estratégia de marketing desde pequenas empresas a grandes corporações. Para causar este efeito, o marketing de guerrilha utiliza imagens e ações que causem impressões impactantes, com muita criatividade e baixo investimento. 

Ações de marketing que vão direto ao ponto

De acordo com Levinson, o marketing de guerrilha tem como finalidade “… atingir objetivos convencionais, como lucro e satisfação, por meio de métodos não convencionais, como investir energia no lugar de dinheiro.”

O recurso foge do tradicional de diversas formas, utilizando iniciativas diversas, tais como performances, flash mob, patrocínios, marketing de emboscada, marketing viral, intervenção urbana, free mídia, corpo a corpo, marketing invisível, redes sociais, PR Stunt, etc. A forma como as ações são aplicadas varia de acordo com os recursos e a tecnologia disponíveis. 

O marketing de guerrilha voltado para o alcance de metas

Alcançar as metas da empresa através de métodos tradicionais de marketing, além do elevado custo, pode não causar o impacto necessário para que os clientes lembrem-se da marca em longo prazo. 

O marketing de guerrilha causa tamanha repercussão, pois envolve as emoções das pessoas, ao ponto de conquistar um espaço na memória do cliente, que sempre se lembra da marca, do produto, ou serviço, mesmo após muito tempo em que a ação de guerrilha ocorreu. 

Alto impacto requer cuidado para não gerar sentimentos negativos nos clientes, por esse motivo, apesar de baixo custo e muitas das ações do marketing de guerrilha serem promovidas de forma descontraída, é importante lembrar da importância que o marketing exerce sobre o alcance das metas de uma empresa. 

Ficou com alguma dúvida? Confira nosso material sobre o assunto ou envie suas perguntas através de nossos meios de comunicação.

3 Comments

  1. […] das experiências das pessoas com o produto ou serviço em questão. A mídia faz parte das estratégias de marketing. Encontrar a mídia certa para anunciar, pode definir o sucesso ou o fracasso da sua estratégia de […]

Leave a Response