Gestão

Rupturas de estoque: saiba como evitar em seu Varejo

Rupturas de estoque
144views

O cotidiano do varejista é cercado de desafios e evitar que rupturas de estoque aconteçam é um dos maiores.

É um pesadelo para todo varejista imaginar o cliente chegando na loja, com a vontade de comprar um produto, e não encontrar um produto na gôndola. As rupturas de estoque são prejudiciais ao faturamento, e podem comprometer toda a operação da empresa.

Mas afinal, o que são as rupturas de estoque?

De forma direta e simples podemos dizer que ruptura de estoque significa faltar um produto, independente do motivo.

Como o grande objetivo do varejista é a venda de produtos, as rupturas de estoque comprometem todo faturamento da loja.

Rupturas de estoque

As causas mais comuns para a Ruptura de Estoque são:

  • Desorganização no estoque: “achar que tinha o produto no estoque”, isso acontece muito quando não se tem um controle eficiente no estoque, aparece no sistema que o produto esta no estoque e não tem o produto.
  • Erro na previsão de demanda: esse é outro fator comum, comprar pouco produto quando a demanda pede mais, comprar a mais é ruim comprar a menos é pior, um bom estudo de demanda pode se evitar esse tipo de ruptura
  • Reposição deficiente: isso pode ocorrer por falta de funcionários ou até mesmo por produtos colocados em gondolas diferentes, se o cliente não encontra o produto a falha ocorre.
  • Atrasos na entrega: isso é mais comum do que se imagina, o fornecedor promete a entrega em uma data e a entrega atrasa, pode ser corrigido com um planejamento um pouco mais folgado e com fornecedores mais profissionais.

Muitas são as causas para a ruptura seja ela em lojas ou em supermercados, mas tudo tem solução com um planejamento e gestão adequadas.

Selecionamos alguns artigos que podem ser interessantes para você, espero que seja útil:

Como evitar as rupturas de estoque em sua loja?

As rupturas de estoque afetam diretamente as vendas, e se não administradas corretamente podem acabar levando a um buraco sem fim. Identificar e mapear as rupturas é o primeiro passo para conseguir controlá-las, outra solução é contar com um software de gestão para fazer o gerenciamento dos processos da loja.

Entretanto, existem duas práticas de mercado que podem ajudar no combate às rupturas de estoque, veja quais são:

1. Calcular o estoque de segurança

Realizando um planejamento correto das quantidades de produtos é possível evitar as rupturas no seu estoque.

A conta que deve ser feita é a seguinte: identifique a quantidade de itens de determinado produto que é vendida por dia e multiplique pelo número de dias que são necessários para que o fornecedor entregue esse determinado produto. Por exemplo se você vende 10 unidades por dia de um produto e o fornecedor demora 5 dias para entregar é necessário ter um estoque de segurança de pelo menos 500 itens desse produto.

Caso o produto tenha um giro de estoque muito elevado é necessário um estoque reserva, que cubra as demandas extras.

2. Defina corretamente o ponto de pedido

O ponto de pedido é o número mínimo que um produto deve ter em estoque, chegando nesse número é preciso que aconteça um pedido de compra. Esse ponto deve ser calculado de acordo com o giro de estoque do produto e o estoque de segurança e deve ser minuciosamente respeitado por sua equipe de compras.

Se for realizado o pedido de compras antecipado pode gerar o excesso de produtos estocados, propiciando perdas de estoque.

Se realizado tardiamente, o pedido de compra não será capaz de suprir a necessidade da loja, deixando faltar produtos.

Para calcular o ponto de pedido (PP) é preciso:

  • Multiplicar a média diária de consumo de um produto (consumo médio: CM), pelo tempo necessário de abastecimento (tempo reposição: TR)
  • Somar o valor encontrado na operação acima com o estoque de segurança (ES). Calculado no tópico 1.

Então a fórmula fica assim:

Ponto de pedido PP = CM x TR + ES

Essas técnicas vão ajudar a controlar as rupturas de estoque da sua loja. Controlando essas rupturas você consegue reduzir perdas estoque e com isso aumentar a lucratividade das suas vendas e da operação da sua loja.

Com um controle de estoque eficiente, as rupturas afetam de forma menos dolorida o estoque da sua loja.

Por isso é preciso investir nessa área, um software de gestão para controlar o estoque, inventários periódicos e reposição de estoque rápida são ferramentas que ajudam no combate às rupturas de estoque.

 

Leave a Response